Nobel de Química 2012 vai para estudos sobre receptores de célula

Pesquisas de Robert Lefkowitz e Brian Kobilka foram fundamentais para o desenvolvimento de melhores medicamentos

 

O prêmio Nobel de Química 2012 foi para os americanos Robert Lefkowitz, da Universidade de Duke (EUA), e para Brian Kobilka, da Universidade de Stanford (EUA), que mapearam uma importante família de receptores que permitem que as células do corpo percebam e respondam a sinais externos. Os estudos dos dois pesquisadores tiveram como aplicação o desenvolvimento de medicamentos melhores, com menos efeitos colaterais.

Descobrir melhores formas de alcançar os receptores é uma área de extrema importância para as indústrias farmacêutica e de biotecnologia. Atualmente mais da metade dos medicamentos, como antiarrítmicos, antihistamínico e remédios psiquiátricos, agem nestes receptores.

Advertisements
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s